Viagens ao Inconsciente


25/03/2009


JUNK OR GARBAGE?

Juntei coisas a minha vida inteira, mas sempre tenho a impressão que preciso fazer faxina. Não me sinto "analisado" adequadamente para tomar uma decisão e jogar tudo aquilo que não presta fora. Afinal, como distinguir o que é "junk" daquilo que é "garbage"? (..."garbage" é algo esgotado e inútil que se jogo fora; "junk" é algo que se põe de lado para alguma finalidade futura não especificada."; Segundo Sydney Brenner, renomado biólogo mulecular, americano). Longe de mim namorar com essa idéia da biologia molecular americana, mas, a analogia é boa para nos fazer pensar sobre nosso "lixo", objetivo ou/e subjetivo.

A matéria da qual tirei a idéia acima informa que 90% do nosso DNA é "junk", ou seja, não se sabe muito bem qual a relevância dessa parte do nosso cérebro que está "à espera" de ser usada no futuro. Pois é, essa idéia de coisas guardadas para serem usadas no futuro me intriga um pouco - e aí eu já não distingo bem o "lixo" daquilo que ainda pode ser aproveitado (acho que ando levando a sério demais os problemas ecológicos). Quando olho as coisas que acumulei em minha casa e penso que talvez fosse melhor jogar fora, logo me sobrevem a dúvida: por onde começar? Em quase tudo que olho vejo algo que poderei no futuro precisar: um papel escrito, um parafuso, uma vela usada, uma sacola, um pedaço de barbante, um resto de fita-cola, uma revista de 1979 (pode ser útil para fazer uma cortina, uma pesquisa, etc). Será que não estou utilizando muito bem meus 10% do cérebro quando fico com essas questões? Será que haveria outras questões mais interessantes do que ficar pensando na diferença entre junk e garbage? Será que estou precisando de uma faxineira? Será que é de utilidade o quê meu desejo deseja? Será que é útil desejar? Os três bilhões de pares de bases do meu DNA indagam: Por que a salamandra tem mais de trinta vezes os meus três bilhões de pares de bases? Ah...essa mania de grandeza!  

 

Escrito por nelson barroso às 14h33
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sudeste, NITEROI, Homem

Histórico