Viagens ao Inconsciente


14/08/2008


Paro o tempo com um gesto

Um maestro das imagens

Fico num quadro

Procuro alguém

Mergulho

Vejo você nos sargaços

Escrito por nelson barroso às 19h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

Amor, era mesmo isso. Todos sabiam. Mas não sabiam como. Falavam muito, bebiam muito, fumavam, riam, estreaolhavam-se. Seus pensamentos vazavam pelas bocas. Esperavam o próximo ato.

O sapateiro retirou da boca um prego muito pontiagudo, o colocou na sola de couro, imprimiu uma pequena força e bateu com o martelo próprio para isso. Foram apenas três marteladas. A sola prendeu-se na bota de salto alto, preta. Enquanto aguardava, Clarice apoiava sua perna num cavalete que servia para a fabricação de arreios. Lia concentradamente os Fragmentos de um discurso amoroso, de Roland Barthes. Ela gostava de fragmentos. Sr. João trabalhava com uma atenção flutuante - entre cada prego sem cabeça que fazia penetrar no couro olhava as pernas de Clarice um pouco abertas distraída nos seus fragmentos. Sr. João tinha uma aparência rústica como o pé-de-ferro em apoiava a bota de Clarice. No entanto, por detrás daqueles óculos de leitor era um homem delicado. Entendia do trato necessário que o couro demandava antes de estar pronto pra ser pisado no formato de um bota. Há muito já havia ultrapassado o desespero amoroso ao qual todo homem se mete quando descobre o jogo da sedução feminina montado por palavras, formas, cheiros. Em sua oficina recebia suas clientes com uma freqüência inconstante. Clarice era muito bonita. Quase não sorria. Gostava de exibir seus lábios sempre carnudos e olhos verdes falsos. Nunca se sabia da abertura que deles o sinal acendia. Quando vermelhos sabia-se que estava exausta. A cola er a dose perfeita para compor o ébrio de seu pensamento envolto com as letras cujos os olhos despiam aqueles fragmentos amorosos. Sem que Sr. João percebece fechou os olhos e inspirou com mais veemência para capturar um maior número da substância  viciante que impregnava aquele lugar.

Escrito por nelson barroso às 19h32
[ ] [ envie esta mensagem ]

 

Quem se lembra??

Escrito por nelson barroso às 19h06
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sudeste, NITEROI, Homem

Histórico