Viagens ao Inconsciente


19/06/2008


teste

Escrito por nelson barroso às 13h39
[ ] [ envie esta mensagem ]

18/06/2008


corrói na solidão as coisas que trago no coração

na cara não

ainda preciso muito sério daquele sorriso

faz de conta

movimento

meu amor

moinho de vento

na palma da mão

na linha da vida

meu ninho

minha ilusão

e ainda trago no sorriso

um amor em cada vão

Escrito por nelson barroso às 15h43
[ ] [ envie esta mensagem ]

quase um plágio...

Olhar: domar a fé que falta

Não até um amor já sabido

Mas ao que pode até, se for

Do olhar, amor que o diga

 

Domado ao olhar já a fé

Cega de amor não mais falta

Por sabido que fosse até

Por dizê-lo disfarsa a lida

 

Decerto a certeza só me basta

Sabido amor no olhar carrego

Se triste a falta porque falta

Domá-la mesmo que cego

Escrito por nelson barroso às 15h40
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sudeste, NITEROI, Homem

Histórico