Viagens ao Inconsciente


06/05/2008


Como é mesmo que se pergunta

O que não se quer saber

O que só é saudade

O que só é querer

Como é mesmo que se anda

Num pensamento aflito

Como é que se costura a linha

O traço, o horizonte

Alguém pode me dizer da digestão

Da falta parada no estômago

Se alguém a vir por aí

Mando esse recado

Como é mesmo

 

Escrito por nelson barroso às 20h04
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sudeste, NITEROI, Homem

Histórico