Viagens ao Inconsciente


14/03/2008


Alguem falou em mudança?

2008 chegou pra mim como um turbilhão...as coisas estão acontecendo de uma forma incomum...não é nenhuma nova paixão - como sempre em mim - de me tirar o chão - desta vez é a vida fazendo um rebuliço danado. É como se eu tivesse tocado em algo de disparou! Depois de uma onde de tristeza, que durou até terminar o ano, foi uma coisa encadeada na outra. Amanhã estou mudando de casa!!! Estou indo para um lugar que tem plantas, pássaros, e o melhor, uma visinhança muito legal - amigos sensíveis e generosos. Quero agradecer a todos os amigos - virtuais ou não - que se fazem presente em minha vida, seja da forma que for, e comparlhar todos estes momentos de grande emoção que eu tenho vivido. MUITO OBRIGADO A TODOS!

Escrito por nelson barroso às 21h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

10/03/2008


Um dia...vendi minha alma

Paralisado diante dos seus olhos percebia lábios se movendo, gestos de mãos, cabelos, e seu corpo. Quando desapareceu da cena, uma cascata de palavras toma o seu lugar e alguns sentidos tentam recuperar sua presença. No entorno, vozes alardeavam alguma coisa... Eu, estava cabeça-sobre-o-vão-olhando-lâmina-acima: Guilhotina, devia ser seu nome! Nunca o pronunciaria em vão, nem enquanto descia ao corte do umbigo.

Tudo posto, saí a passear. Vento no rosto, sol-água e um tempero-cheiro-gabrielamar. Nos lábios sem palavras - doce - seu sal. Um preço que cala toda voz - seu nome não deveria - ser - alma não se vende.

Escrito por nelson barroso às 18h21
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sudeste, NITEROI, Homem

Histórico