Viagens ao Inconsciente


02/09/2007


Vi pelo olho de um delírio

O delírio que a vida é

Pra que então perder tempo em abrir trincheiras?

Melhor seria olhar a terra socada pelo pé

Ou o mar, mole, a se empanturrar na areia

Ou o mato a se defender

Melhor seria ser só

Talvez assim, não só a solidão

Esta multidão de imagens no entorno do dia/noite

Seria eu um Johnny em movimento de queda neste outono eterno?

Escrito por nelson barroso às 19h55
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sudeste, NITEROI, Homem

Histórico