Viagens ao Inconsciente


16/11/2006


Silêncio na cama quebrada

No motor do carro que não tivemos

A cafeteira esquecida

Os livros que não juntos lemos

Bata a porta do guarda-roupa vazio

E no espelho, ao fundo

Nenhum espio

Te perdoo pelo roubo da chave

Sou ladrão

Mas devolva-me alguma alma

Mesmo que eu acorde do meu fetiche

E toda rua te veja nua

Amostra

Na janela

Escrito por nelson barroso às 16h46
[ ] [ envie esta mensagem ]

13/11/2006


DESAFIO

Fantasio no seu silêncio

Meu sonho a te tocar

Não é poesia

São linhas que afio

Um modo de desenhar

Escrito por nelson barroso às 15h16
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sudeste, NITEROI, Homem

Histórico